Artigos // Lista de publicações

Categoria: PHP

  • Trabalhando com datas no PHP

    Trabalhar com manipulação de datas no PHP já foi uma grande dor de cabeça, antigamente era necessário decorar diversas funções e mesmo assim não era possível realizar algumas operações, como por exemplo, comparação de datas.

    Neste artigo iremos conhecer algumas funções antigas, mas vamos focar na classe DateTime, que a partir da versão 5.3 do PHP apresentou funcionalidades interessantes. Independente do recurso utilizado, precisamos conhecer alguns conceitos que estão presente em ambas as opções, como os parâmetros utilizados para formatação de datas.…

    , arquivado em PHP.
    Comentário(s) 14
  • Serialização de dados no PHP

    Em ciência da computação, no contexto de armazenamento e transmissão de dados, serialização é o processo de salvar um objeto em um meio de armazenamento, ou transmiti-lo por uma conexão de rede, seja em forma binária ou em formato de texto. Esta série de bytes pode ser usada para recriar um objeto com o mesmo estado interno que o original.

    Para exemplificar essa explicação, imagine que você está jogando seu jogo preferido, mas precisa pausar e não gostaria de começar tudo denovo, você então salva seu processo no jogo, capturando o estado atual dos itens/objetos e salvando em algum meio de armazenamento, para que posteriormente estes itens/objetos possam ser restaurados, permitindo que você continue de onde parou, alguma semelhança com a explicação anterior? Sim, você acabou de serializar objetos do seu jogo para poder continuar depois.…

    , arquivado em PHP.
    Comentário(s) 4
  • Trabalhando com PDO no PHP

    PDO (PHP Data Objects) é uma extensão que fornece uma interface padronizada para trabalhar com bancos de dados, cuja finalidade é abstrair a conexão e interações com os bancos, ou seja, independente do banco de dados que estiver sendo utilizado os métodos executados serão os mesmos, mas isso não significa que seu sistema será portável entre diversos bancos de dados, por mais que o uso do PDO facilite a portabilidade, esta interface significa apenas que você se comunicará com qualquer banco de dados através de um determinado conjunto de métodos e classes.

    Não é possível executar funções de interação com o banco de dados utilizando somente a extensão PDO, é preciso utilizar um driver específico do PDO para acessar um determinado banco de dados. Cada banco de dados pode prover um driver para PDO, porém nem todos os recursos são suportados em todos os bancos, por exemplo, no MySQL, tabelas do tipo MyISAM não suportam transações, impossibilitando o funcionamento dos métodos PDO::beginTransaction(), PDO::commit() e PDO::rollBack().…

    , arquivado em PHP.
    Comentário(s) 38
  • Entendendo reflection no PHP

    Reflection (em português: reflexão) é o processo em que um programa pode observar e modificar sua própria estrutura, no PHP este recurso foi adicionado após a reformulação da orientação a objeto na linguagem, versão 5, possibilitando realizar engenharia reversa em classes, interfaces, funções e extensões, além disso também podemos resgatar comentários/documentação de funções, classes e métodos.

    O que podemos fazer utilizando reflection?

    • Gerar documentação em runtime, tempo de execução.
    • Alterar propriedades privadas de uma classe.
    • Verificar a existência de um determinado método.
    • Executar/Invocar métodos dinamicamente.
    , arquivado em PHP.
    Comentário(s) 4
  • Expressões regulares no PHP

    Expressão regular é uma forma de se especificar um padrão de texto e pode ser composta por símbolos, caracteres literais e caracteres com funções especiais, que agrupados formam uma expressão. Essa expressão é interpretada como uma regra, onde uma entrada de dados qualquer é bem sucedida somente se obedecer a essa regra.

    Didaticamente podemos comparar expressões regulares com o brinquedo LEGO, onde temos várias opções de peças disponíveis e de diferentes tipos, que juntas possibilitam a construção de estruturas complexas.…

    , arquivado em PHP.
    Comentário(s) 13