Gestão do conhecimento

A gestão do conhecimento (KM, em inglês Knowledge Management) tem como objetivo melhorar a produtividade por meio da gestão de processos que melhoram os ciclos do conhecimento organizacional, consiste, essencialmente, em facilitar os processos de criação, compartilhamento e utilização dos conhecimentos organizacionais.

Gestão do conhecimento não tem como foco disseminar uma tecnologia e não se trata de uma ameaça aos profissionais mais experientes, nada substitui um profissional com conhecimento e vivência no ambiente de uma empresa, esses funcionários são os pilares de uma boa gestão do conhecimento, eles devem ser os disseminadores, com sua contribuição será gerada uma massa de conhecimento explícito que irá facilitar no aprendizado de outros funcionários.

Em uma empresa em expansão, para cada funcionário contratado deve ser realizado treinamento na tecnologia, no processo realizado pela empresa para sua função e etc, se aplicado uma gestão do conhecimento, para cada funcionário contratado todo conhecimento passado, conhecimento explícito, deve ser mapeado, armazenado e distribuído, liberando cada vez mais os funcionários mais experientes dessa tarefa e permitindo aos gerentes entenderem o que seus funcionários precisam saber para realizar suas funções.

O que é conhecimento?

O conhecimento não é uma simples informação que tratamos, difundimos, classificamos ou estocamos, como um objeto. O conhecimento é uma reapropriação feita pelo ser humano, por meio de sua cultura, de seu meio sócio-profissional, de sua afetividade.

1. Conhecimento tácito

Conhecimento pessoal, específico de um determinado contexto, difícil de ser formulado e comunicado, resultado da experiência (know-how).

2. Conhecimento explícito

Conhecimento que pode ser passado pela mediação da linguagem, oral ou escrita, que permite um indivíduo a aquisição do saber, entender e compreender, sobre determinados fatos e eventos, mas não lhe permite agir.

Ferramentas para gestão do conhecimento

As ferramentas para gestão do conhecimento ainda estão em fase de aperfeiçoamento e longe de serem solução completas para a gestão do conhecimento, a intervenção humana ainda é essencial para a criação das bases de conhecimento e sua gestão.

E-learning

O e-learning, ou ensino eletrónico, corresponde a um modelo de ensino não presencial suportado por tecnologia. Atualmente, o modelo de ensino/aprendizagem assenta no ambiente online, aproveitando as capacidades da Internet para comunicação e distribuição de conteúdos.

Projetos Open Source

Wiki

Este software colaborativo permite a edição coletiva dos documentos usando um sistema que não necessita que o conteúdo seja revisto antes da sua publicação, ótimo para incentivar toda equipe, visando compartilhar seus conhecimentos.

Projetos Open Source

Blog

Um blog é um site cuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos, ou posts. Estes são, em geral, organizados de forma cronológica inversa, tendo como foco a temática proposta do blog, podendo ser escritos por um número variável de pessoas, de acordo com a política do blog.

Acredito que um blog pode ser utilizado em diversas áreas de uma empresa, mas diferente de um ambiente Wiki deve ser gerenciado pelos funcionários mais experientes, se possível com conteúdo sempre revisado pela gerência antes de ser postado, se aplicado em diversas áreas, pode formar um portal, onde os melhores materiais criados pelos funcionários seriam postados nos blogs de suas respectivas áreas.

Projetos Open Source

Fórum de discussões

O fórum de discussão costuma ser embutido em diversas outras ferramentas, como no caso das ferramentas e-learning, mas também pode ser utilizado separadamente, ótimo para identificar os principais focos de dúvidas da equipe.

Projetos Open Source

Lista de discussão

A lista de discussão funciona através de trocas de email, onde ao abrir um questionamento os participantes do grupo são informados por email, particularmente não gosto desse tipo de lista em ambiente de trabalho, principalmente quando não é gerenciado e utilizado de maneira correta.

Por onde começar?

Após conhecer algumas ferramentas para mapeamento e distribuição do conhecimento, iniciar uma gestão de conhecimento não é complicado, mas é necessário focar na melhoria desses processos, se seu negócio não permite uma estruturação por meio de e-learning, comece pelo ambiente wiki, incentive seus funcionários, mostre como é importante para empresa e gratificante para eles compartilhar seus conhecimentos, adote como métrica para avaliação, evite obrigatoriedade, trate a colaboração como diferencial.

Conclusão

Gestão do conhecimento tem foco nas pessoas, evita retrabalho, trata-se de um processo, não de um sistema ou projeto, sua implantação está ligada diretamente a cultura organizacional, alta gestão e funcionários. Que tipo de organização queremos ser?

“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” – Cora Coralina

Referência(s)

http://www.slideshare.net/ezyolamarca/palestra-ezyo-usodeferramentaslivresnagestaodoconhecimentoodp

http://www.paradigma.com.br/gestao-do-conhecimento-na-pratica/artigos/gestao-do-conhecimento-na-pratica

http://www.dgz.org.br/out12/Art_08.htm

  • Thiago Cunha Nascimento

    29/01/2013 às 10:50

    Diogo,

    Excelente artigo! Um ponto importante a ser levado em consideração na implementação destas ferramentas colaborativas é a Segurança da Informação.

    Muitos dos segredos das empresas, principalmente as de TI, estão na “cabeça” de seus profissionais. Temos que estimular o uso de colaboração sim! Mas somente para dentro e não para fora.

    Parabéns.

    Abraços,

    Thiago Nascimento

  • Diogo Matheus

    09/09/2014 às 22:07

    Thiago,

    Com certeza é uma situação que deve ser analisada, mas dependendo do que estamos falando, esse compartilhamento externo vira reconhecimento profissional, muitas empresas hoje utilizam isso, mas essa técnica não se aplica aquelas que possuem medo de perder seus funcionários.

    O conteúdo interno normalmente é controlado na intranet, não muito diferente do gerenciamento de documentos que ocorre na maioria das empresas.

    Minha monografia foi na área de gestão do conhecimento, relacionando com metodologias ágeis, reconheço que esse artigo precisa de melhorias, assim que possível irei refatorar esse conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.. Campos obrigatórios são marcados com *