Inteligência Artificial

Inteligência artificial de Ernesto Costa e Anabela Simões tem como objetivo fazer uma introdução dos principais conceitos, técnicas e problemas encontrados na área de inteligência artificial através de uma abordagem centrada em agentes, apresentando os paradigmas simbólico, conexionista e de inspiração biológica, visando categorizar as técnicas de solução dos problemas.

O livro conta com exercícios e leituras adicionais sobre cada tema, visando reforçar o conteúdo e facilitar o caminho para aprofundar os conhecimentos.

Inteligência Artificial
Inteligência Artificial

Sumário

  1. Introdução
  2. Agentes reactivos
  3. Agentes de procura
  4. Agentes baseados em conhecimento
  5. Agentes aprendizes
  6. Agentes adaptativos
  7. Conhecimento imperfeito
  8. Interacção com o ambiente
  9. Sociedade de agentes

Os autores são portugueses, logo existem alguns termos diferentes, mas nada que atrapalhe na leitura e entendimento do conteúdo.

Capítulo: Agentes de procura

O capítulo sobre agentes de procura foca no problema do caxeiro viajante, mas também apresenta outros problemas em que os agentes de procura são aplicados, além disso os autores realizam um agrupamento dos principais algoritmos de procura em três categorias.

  1. Procura cega
  2. Procura heurística
  3. Procura estocástica

Neste capítulo os autores também apresentam as características de um agente de procura, completa caso encontre uma solução em tempo finito, discriminatória em caso de múltiplas soluções encontre a melhor e econômica que encontre uma solução o mais rápido possível ocupando o menor espaço possível de memória.

Capítulo: Agentes adaptativos

O capítulo de agentes adaptativos tem seu foco nos algoritmos genéticos, abordando seus conceitos baseados na biologia, especificamente na obra A origem das Espécies de Charles Darwin. O conteúdo do capítulo é bastante completo tendo os principais elementos de um algoritmo genético, como representação do problema, método de seleção dos melhores indivíduos, operadores de recombinação, operadores de mutação, etc.

No final do capítulo os autores apresentam outras técnicas evolutivas, como programação genética e programação evolutiva, além de mostrar os principais problemas em que os algoritmos genéticos são aplicados.

Conclusão

Os autores conseguiram atingir o objetivo de introduzir os fundamentos da área, através de conceitos, exemplos e exercícios complementares aos estudos, que se realizado de fato ajuda na fixação do conteúdo, além disso apresentam os principais algoritmos no formato de pseudocódigo. O maior benefício da leitura é compreender os problemas, mudando os pensamentos sobre os desafios computacionais, seja em softwares corporativos ou jogos, além de como as técnicas podem ser aplicadas para atingir objetivos, uma ótima leitura para os interessados na área de inteligência artificial.

O conteúdo dessa resenha não chega perto de refletir todos os temas do livro, sem falar na base matemática, por se tratar de uma obra introdutória ninguém será um especialista após sua leitura, mas terá uma noção importante do que está envolvido em cada desafio e até mesmo onde procurar mais informações, de um simples agente reactivo até visão robótica, sociedade de agentes e teoria de jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.. Campos obrigatórios são marcados com *